Densidade de drenagem x classificação e manejo de solos

Nas evoluções das paisagens de tempos pretéritos houve drástica alteração de um clima mais seco para bem mais úmido com importantes mudanças geomorfológicas, onde as drenagens "cavaram ou dissecaram o relevo", surgindo novos rios e riachos nas superfícies mais jovens.

As densidades de drenagens são indicativas de variações de solos que podem ser constatadas no estudo da Fotopedologia e interpretação de imagens.

Outros critérios utilizados nesse estudo são: relevo, tonalidade da imagem, uso atual, e vegetação natural.

Relevos planos e suavemente ondulados estão associados ao tipo de drenagem paralela, nos relevos mais movimentados observam-se drenagens dos tipos dendrítico, radial, anular e retangular.

A figura 1 apresenta os tipos fundamentais de drenagem das paisagens.

A figura 1 apresenta os tipos fundamentais de drenagem das paisagens

Figura 1. Tipos de rede de drenagem da paisagem (PARVIS, 1950).

A interpretação da rede de drenagem permite obter boas correlações com textura e permeabilidade do solo, como também o comprimento do declive e grau de erosão.

A infiltração de água é maior nos solos de locais com drenagem paralela (relevo plano ou suavemente ondulado) em comparação com os solos de locais com drenagens dendrítica, radial, anular e retangular (relevo ondulado ou forte ondulado, ou montanhoso), e nessas condições com variabilidade de solos muito maior do que no que locais com drenagem paralela.

A figura 2 mostra uma região com drenagem paralela, onde ocorrem solos muito argilosos derivados de basalto e com drenagem dendrítica onde ocorrem solos arenosos e de textura média derivados de arenito.

Figura 2. Redes de drenagens contrastantes.

Figura 2. Redes de drenagens contrastantes.

Como regra geral: nos locais com densidade de drenagem paralela, são identificados Latossolos e Neossolos Quartzarênicos, nos locais com densidade de drenagem dendrítica, radial, anular e retangular ocorrem predominantemente Argissolos, Luvissolos, Nitossolos, Cambissolos, Neossolos Litólicos.

Como excessão, nos tabuleiros costeiros do Brasil comumente ocorrem Argissolos nos relevos mais planos e Latossolos nas bordas do relevo.

Resposta correta: C

Alternativa % de votos
a) O risco de erosão é muito mais acentuado nos locais com densidade de drenagem paralela do que dendrítica. 16,8
b) O comprimento do declive é menor nos locais com drenagem paralela em comparação com a dendrítica. 24,8
c) No período muito chuvoso, a possibilidade de encalhar caminhões numa "estrada de terra não cascalhada" é muito maior na paisagem com drenagem dendrítica do que paralela. 25,5
d) Não existe relação entre tipo de relevo e tipo de drenagem. 10,6
e) Todas alternativas corretas. 22,4
Total 161

Enquetes anteriores

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 

41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 

61 62 63 64 65 

Apoio:

IPNIJornal da Cana The International Union of Soil Sciences Natural Resources Management and Environment Departament ISRIC - World Soil Information