Enquete # 28 - Relação entre Pedologia e Fitopatologia

A Pedologia é uma ciência básica para todas as demais.

A Fitopatologia estuda as doenças das plantas pela influência dos patógenos (fungos, bactéria e vírus) e tem muitas interações com os aspectos pedológicos.

Os fungos, em especial, dependem da umidade favorável para multiplicação, e uma das doenças que causam nas folhas da cana-de-açúcar é a ferrugem (figura 1).

Figura 1.Ferrugem da cana-de-açúcar.

Figura 1. Ferrugem da cana-de-açúcar.

Os solos mais comuns do Brasil, que são representados pelas classes dos Latossolos e dos Argissolos apresentam enormes diferenças de disponibilidade de água.

Depois de uma chuva intensa (ou irrigação), o solo armazena água nos macro e microporos e em seguida a drenagem gravitacional remove a água dos macroporos, permanecendo a dos microporos. Os Argissolos com horizonte B iniciando-se na profundidade de 40 cm apresentam maior disponibilidade de água do que os Latossolos (figura 2).

Figura 2. Porosidade do Latossolo e do Argissolo com horizonte B iniciando na profundidade de 40 cm.

Os Latossolos possuem semelhante teor de argila no perfil, ao contrário dos Argissolos que possuem teor de argila bem mais elevado no horizonte B em relação ao horizonte A.

Os Latossolos por apresentarem textura uniforme ao longo do perfil possuem quantidades semelhantes de macro e microporos, a menos que compactados, por isso inexiste uma quebra de capilaridade entre os horizontes A e B.

Somente os Argissolos possuem essa quebra de capilaridade entre ambos horizontes e isso é benéfico porque o horizonte B bem mais argiloso possui a maior quantidade de microporos em relação aos macroporos, ao contrário do horizonte A bem mais arenoso que possui maior quantidade de macroporos do que microporos.

Em outras palavras, apenas nos Argissolos o horizonte B é o de grande acúmulo água, disponibilizada-a ao longo do tempo.

Os Latossolos de qualquer textura são bem mais ressecados   do que os Argissolos com horizonte B iniciando próximo de 40 cm de profundidade porque perdem para atmosfera maior volume de água por evapo-transpiração, especialmente quando esses Argissolos apresentam textura média tendendo a argilosa no topo do horizonte B (LIPINSKI, informação pessoal).

Os Argissolos com horizonte B iniciando-se na profundidade de 80cm ou mais são bem mais ressecados do que os Latossolos (figura 3).

Figura 3. Porosidade do Latossolo e do Argissolo com horizonte B iniciando na profundidade de 80 cm.

Portanto, ao comparar a disponibilidade hídrica dos Latossolos e Argissolos é necessário saber a textura de ambos e a profundidade onde inicia-se o horizonte B dos Argissolos.

Gheller (informação verbal) observou numa mesma região climática do estado de São Paulo há maior incidência de ferrugem nas folhas da cana-de-açúcar no solo A em comparação ao solo B, considerando a mesma variedade de cana-de-açúcar .

Considerar como um dos solos o Argissolo com horizonte B favorável na disponibilidade hídrica (próxima de 40 cm de profundidade e teor de argila, por exemplo 35%) e o outro solo o Latossolo textura argilosa (40% de argila).

Resultado da enquete

Alternativa correta: A

Alternativa % de votos
a) O solo A é Latossolo, o solo B Argissolo. 41,0%
b) O solo A é Argissolo, o solo B Latossolo. 48,7%
c) Ambas alternativas são corretas. 7,7%
d) Ambas alternativas são incorretas. 2,6%
Total de votos 39

Enquetes anteriores

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 

41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 

61 62 63 64 65 

Apoio:

IPNIJornal da Cana The International Union of Soil Sciences Natural Resources Management and Environment Departament ISRIC - World Soil Information