Enquete # 10

O enfoque químico principal de um perfil de solo considera as condições químicas do horizonte subsuperficial (B), (ou horizonte C, caso não ocorra o horizonte B) e do horizonte superficial (A) se não existirem os referidos horizontes B, e C, como é o caso dos solos muito rasos.

Portanto, a amostragem do horizonte subsuperficial deve ser feito com critérios pedológicos.A tabela 1 apresenta os critérios das condições químicas pedológicas utilizadas pela EMBRAPA (1999), mas as com modificações propostas por PRADO (2004) que discriminou os solos tradicionalmente distróficos em 3 novas divisões (mesotrófico, distrófico e mesoálico) porque os limites de cálcio e alumínio nos distróficos tradicionais são muito amplos. Para o agricultor essas adjetivações abaixo da camada arável devem ser entendidas, aproximadamente, da seguinte forma: eutrófico (fertilidade alta), mesotrófico (fertilidade média), distrófico (fertilidade moderadamente baixa), ácrico (fertilidade baixa), mesoálico (fertilidade muito baixa), álico (fertilidade excessivamente baixa), alumínico (fertilidade extremamente baixa).

Para se conhecer cada uma dessas condições é necessário informar os valores calculados de saturação por bases (V), soma de bases (SB), saturação por alumínio (m), e retenção de cátions (RC), além do valor determinado de teor de alumínio (Al3+) do horizonte subsuperficial (B,ou horizonte C na ausência do horizonte B), ou horizonte A caso os citados horizontes também não existam. Quando o valor RC é menor ou igual a 1,5 cmol/kg de argila é necessário examinar o valor de pH em KCl e/ou a diferença entre pH KCl e pH H2O.

Normalmente o laboratório não informa o cálculo RC, mas pode solicitar esse cálculo como rotina. A tabela 1 apresenta os critérios químicos subsuperficiais, cujos dados de SB, e Al3+ são apresentados em cmol.kg-1 de solo e de RC cmol.kg-1 de argila. Caso os resultados sejam apresentados em mmol.kg-1 é necessário dividir por 10.

Tabela 1. Condições químicas sub superfíciais dos solos EMBRAPA (1999), modificado por
(PRADO, 2004).

Descrição V(1) SB(2) m(1) Al(2) RC(3)
Eutrófico ≥ 50 ≥ 1,5 - - -
Mesotrófico 30­50 ≥ 1,2 - - -
Mesotrófico > 50 ≥ 1,5 - - -
Distrófico < 30 - < 50 - > 1,5
Ácrico - - - - ≤1,5
Mesoálico - - > 15 ≥ 0,4 -
Álico - - ≥ 50 0,3­4,0 -
Alumínico - - ≥ 50 > 4,0 -

(1) porcentagem - (2) cmol.kg-1 de solo - (3) cmol.kg-1 de argila

V: SB/CTC X 100, onde

V: saturação por bases;
SB: soma de bases (calcio + magnésio+ potássio+ sódio)
CTC: capacidade de troca de cátions (SB + hidrogênio + alumínio)
m: Al3+/(Al3++SB)x100
RC : (SB+Al3+)/argila(%)x100
Al3+: alumínio trocável

LANDELL et al. (2003) verificaram para a cana-de-açúcar que as adjetivações eutrófico, mesotrófico, distrófico, ácrico e álico refletem diferentemente o ambiente químico abaixo da camada arável, e com enorme importância prática (figura 1). Os autores concluíram que a partir do terceiro corte as diferentes condições do horizonte B foram decisivas nas produtividades. Ao contrário, no primeiro e segundo cortes essas diferenças não foram significativas estatisticamente devido à influência do manejo da camada arável.

Figura 1.Condições químicas do horizonte B e produtividades de

Figura 1. Condições químicas do horizonte B e produtividades de cana-de-açúcar ao longo dos cortes. LANDELL et al., 2003.

No relatório técnico do levantamento de solos de uma propriedade foram registrados grandes contrastes nas condições químicas abaixo da camada arável (tabela 2). Ao receber esses dados interprete as condições químicas de sub superfície dos diferentes solos visando alocar plantas com potencial genético mais adaptados a essas diferenças químicas.

Tabela 2. Solos da fazenda Jotapê

Solo V% SB m AL3+ RC pH KCL pH H2O Delta pH (pH KCL-pH H2O)
A 60 2,0 0 0 2,6 - - -
B 13 0,9 75 6,0 2,0 - - -
C 47 1,7 19 0,1 1,8 - - -
D 20 1,0 33 0,9 1,9 - - -
E 15 1,0 60 2,0 1,7 - - -
F 22 1,0 31 0,1 1,8 - - -
G 25 0,9 21 0,1 0,7 5,5 6,0 -0,5

Resultado da enquete

Alternativa correta: E

Alternativa % de votos
a) O solo B é álico 20%
b) O solo G é distrófico 0%
c) O solo E á alumínico 10%
d) O solo F é eutrófico 10%
e) O solo C é mesotrófico 60%
Total de votos : 10

Enquetes anteriores

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 

21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 

41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 

61 62 63 64 65 

Apoio:

IPNIJornal da Cana The International Union of Soil Sciences Natural Resources Management and Environment Departament ISRIC - World Soil Information